Elementos químicos naturais metais radioativos


elementos químicosEm nossa vida, nos comunicamos de diversas maneiras: utilizamos a fala ou a escrita, sinais, símbolos, e muitas vezes utilizamos abreviações e códigos para expressar uma vontade, ou ordem ou atitude.

Na Química não é diferente. Utilizamos símbolos e abreviações para facilitar e universalizar o conhecimento.

Os diversos elementos químicos encontram-se no ar, na água, no solo, na composição das plantas, dos animais e do homem; e mesmo fora da Terra, no espaço sideral. Entramos em contato com esses elementos diariamente em nossas vidas.

A definição de elemento químico é a seguinte: um conjunto de átomos com o mesmo número de prótons.

elementos quimicos

Desde os tempos mais remotos, o homem já conhecia e se utilizava de elementos como ouro, prata, ferro, cobre, etc. Por volta do século X, o homem já reconhecia a existência de 11 elementos naturais, como o enxofre, o estanho, o chumbo, o carbono, o mercúrio, o antimônio e o arsênio.

Entre os anos de 1500 e 1920, foram identificados mais 75 elementos.

elementos químicos

Os nomes dos elementos mais antigos são derivados de seus nomes em latim. Por exemplo:

Ouro – Aurum (amarelo)

Prata – Argentum (brilhante)

Mercúrio – hydrargyrum (água prateada)

Em 1787, Lavoisier sugeriu que os novos elementos recebessem nomes ligados às suas propriedades, como:

Oxigênio – oksys-gen (gerador de ácidos)

Bromo – bromus (mau cheiro)

Nitrogênio – Nitro-gen (gerador de salitre)

Alguns elementos foram, porém, relacionados a corpos celestes como:

Hélio (Sol)

Telúrio (Terra)

Cério (Ceres, primeiro asteróide)

Outros se relacionam com a mitologia, como Titânio (Titãs).

Outros, ainda, homenageiam pessoas ou locais, como Califórnio e Einstênio. Os mais novos elementos descobertos suscitam divergências.

Os elementos conhecidos possuem, além do nome, um símbolo. Os símbolos são muito utilizados na expressão de fórmulas químicas ou em outros momentos por questão de facilidade.

Os símbolos correspondem, em geral, à primeira letra do nome do elemento em latim. Caso já exista um elemento com esta letra, utilizam-se duas letras. Por exemplo, Hidrogênio é H; o Hélio, He; o Hássio, Hs.

Como a língua portuguesa tem origem latina, geralmente o símbolo remete diretamente ao nome, como F – flúor, mas nem sempre isso acontece, como Ag – Prata.

representação do átomo

A União Internacional de Química Pura e Aplicada (International Union of Pure and Applied Chemistry, IUPAC) é uma organização não governamental (ONG) internacional dedicada ao avanço da química. Tem como membros as sociedades nacionais de química. É a autoridade reconhecida no desenvolvimento de standards (padrões) para a denominação dos compostos químicos, mediante o seu Comitê Interdivisional de Nomenclatura e Símbolos (Interdivisional Committee on Nomenclature and Symbols). É um membro do Conselho Internacional para a Ciência (ICSU).

A IUPAC dita as normas e regras que devem ser seguidas por todos os países; assim, se você for estudar Química em outro país, as regras e símbolos serão as mesmas que você aprende no Brasil.

Portanto, para os químicos de diferentes países se comunicarem, eles utilizam os símbolos. Para representar os diferentes elementos químicos, utilizamos de letras do alfabeto romano. Assim o símbolo do ferro é Fe e, independente do país, a sua

representação é a mesma. Acompanhe na tabela abaixo como o ferro é pronunciado em diferente línguas:

A União Internacional de Química Pura e Aplicada (International Union of Pure and Applied Chemistry, IUPAC) é uma organização não governamental (ONG) internacional dedicada ao avanço da química. Tem como membros as sociedades nacionais de química. É a autoridade reconhecida no desenvolvimento de standards (padrões) para a denominação dos compostos químicos, mediante o seu Comitê Interdivisional de Nomenclatura e Símbolos (Interdivisional Committee on Nomenclature and Symbols). É um membro do Conselho Internacional para a Ciência (ICSU).

A IUPAC dita as normas e regras que devem ser seguidas por todos os países; assim, se você for estudar Química em outro país, as regras e símbolos serão as mesmas que você aprende no Brasil.

tanto, para os químicos de diferentes países se comunicarem, eles utilizam os símbolos. Para representar os diferentes elementos químicos, utilizamos de letras do alfabeto romano. Assim o símbolo do ferro é Fe e, independente do país, a sua representação é a mesma. Acompanhe na tabela abaixo como o ferro é pronunciado em diferente línguas:

País Nome Símbolo
Brasil Ferro Fe
Estados Unidos Iron Fe
França Fer Fe
Espanha Hierro Fe

A maioria dos elementos é representado com a primeira letra do seu nome, e em algumas vezes utilizamos de duas letras. A segunda letra sempre é representada em minúsculo; isto é muito importante, porque se representarmos o elemento com duas letras maiúsculas, estaremos representando átomos de elementos químicos diferentes.

Co – Cobalto CO – carbono + oxigênio

Na natureza encontram-se diversos elementos químicos e, com o passar dos anos, foi necessário organizar esses elementos de uma forma que facilitasse o estudo e o conhecimento das propriedades deles.