Funções inorgânicas: Sais

A água do mar tem sabor salgado devido a presença de diversos sais que se encontram dissolvidos nela, o que está em maior quantidade é o cloreto de sódio(NaCl), conhecido popularmente como sal de cozinha.

funções inorgÂnicas sais

Se procurássemos uma definição para sais, poderíamos dizer que são substâncias encontradas na natureza, porém, muitos são obtidos pela reação de uma base com um ácido.

Por exemplo, o cloreto de sódio, na natureza é obtido a partir das salinas e jazidas de sal-gema. No laboratório, é obtido da mistura de duas soluções de hidróxido de sódio(naOH) e de ácido clorídrico( HCl).

A reação entre um ácido e uma base, é conhecida como reação de neutralização.

Uma das principais características dos sais é o sabor salgado.

Um exemplo de reação de neutralização é a que se dá entre o ácido clorídrico (HCl) e o hidróxido de sódio (NaOH):

Reação hidróxido de sódio ácido clorídrico

O sal obtido é o cloreto de sódio (sal de cozinha).

Os sais são compostos resultantes da neutralização entre ácidos e bases com eliminação de água, ou seja, formados de cátions de bases e ânions de ácidos.

Para Arrhenius, sal é toda substância que, em solução aquosa, sofre dissociação, liberando pelo menos um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-.

Os sais também são bons condutores de eletricidade; em solução aquosa, permitem a passagem de corrente.

Condutor de eletricidade

encontrar fórmulas dos sais

encontrar fórmulas dos sais

Nomenclatura dos Sais

Para dar nome ao sal, seguimos a seguinte nomenclatura:

Nome do ânion + de + Nome do cátion

Exemplos:

AlCl3 – Cloreto de Alumínio

NaNO3 – Nitrato de Sódio

Para facilitar a nomeação dos sais, muitas vezes utilizamos a tabela de cátions e ânions:

Tabela de cátions e ânions

noimenclatura dos sais

Principais sais:

Cloreto de Sódio – NaCl – É a principal substância presente no sal de cozinha; também é utilizado no soro fisiológico e é matéria-prima na fabricação de várias substâncias, como o gás cloro e o bicarbonato de sódio.

Carbonato de sódio – Na2CO3 – Em sua forma impura, ele é comercializado com o nome de barrilha ou soda. É utilizado no tratamento de água de piscinas e na fabricação de sabão e remédios; porém, seu mais importante uso se dá na fabricação do vidro comum.

Carbonato de Cálcio (CaCO3) – é encontrado em grande quantidade na natureza, constituindo o calcário e o mármore. A partir dele pode-se obter a cal viva. O calcário também entra na produção do vidro comum e na produção de cimento.

Bicarbonato de sódio (NaHCO3) - É um antiácido estomacal, pois neutraliza o excesso de HCl no suco gástrico; também é utilizado na fabricação de fermento para pães, bolos, etc. Quando o bicarbonato é aquecido, libera gás carbônico (CO2), o que faz com que a massa cresça.

Fluoreto de sódio – NaF – É utilizado na fluoretação da água potável e na fabricação de cremes dentais.

Hipoclorito de sódio – NaClO – É o componente ativo dos desinfetantes domésticos e da água sanitária.

Nitrato de Sódio (NaNO3) – é conhecido como “salitre do chile”, sendo muito utilizado na fabricação de fertilizantes (adubos). A sua transformação em nitrato de potássio permite a fabricação de pólvora negra, explosivo muito comum, em cuja preparação entram o nitrato de potássio, o carvão e o enxofre.

purificação do sal

Saiba mais:

Ácidos

Bases

Sais

Óxidos