Hidrocarbonetos

Um dos derivados do petróleo conforme verificamos é o gás natural, que é praticamente gás metano puro.

molécula do metano

A molécula do gás metano é formada apenas por átomos de carbono e hidrogênio, ou seja, um átomo de carbono é ligado a outros quatro átomos de hidrogênio, conforme representado na imagem ao lado.

A molécula do metano tem os átomos de hidrogênio nos vértices de um tetraedro regular com o carbono no centro. Os ângulos formados entre as ligações são de 109,5º.

Portanto os hidrocarbonetos são átomos formados apenas por átomos de carbono e hidrogênio.

hidrocarbonetos

Além do gás metano, existem outros gases como o etano ( C2H6), o propano ( C3H8) e o butano ( C4H10) .

A mistura dos gases propano e butano forma o gás que utilizamos em casa conhecido como GLP (gás liquefeito de petróleo), como se transformam facilmente em líquidos quando se aplica pressão são vendidos em botijões. Ao saírem do botijão em contato com a pressão atmosférica transformam-se facilmente em gás.

Cadeias carbônicas

             Os átomos de carbono  dos diversos hidrocarbonetos que conhecemos estão ligados uns aos outros formando cadeias carbônicas.

             Não sendo possível ver as moléculas, foram criadas diferentes formas de representar essas moléculas e as diferentes cadeias que formam.

molécula do metano

Em Qualquer composto o carbono forma 4 ligações, portanto dizemos que o carbono é tetravalente, o átomo de carbono (C) apresenta numero atômico 6, fato que resulta na configuração eletrônica: K = 2; L = 4. Isso caracteriza, que o carbono possui quatro elétrons no nível de valência. Esses quatro elétrons na sua última camada permitem que um átomo de carbono estabeleça a formação de quatro pares de elétrons com outros átomos, ou seja, quatro (4) ligações covalentes.

átomo do carbono

As cadeias carbônicas podem ser representadas por linhas, nas quais os átomos de carbono dão as pontas ou os ângulos que unem as linhas, os átomos de hidrogênio não são representados.

Os  átomos de carbono de uma cadeia podem ser classificados como primário, secundário, terciário ou quaternário, dependendo da quantidade de outros carbonos que estiverem ligados a ele.

Acompanhe na tabela abaixo:hidrocarbonetos

Veja o exemplo a seguir de uma cadeia com os seus carbonos classificados:

GASOLINA: (C8H18)

As cadeias carbônicas  também podem ser fechadas ou mais conhecidas como cadeias cíclicas ou ligadas a grupos.

Exemplos de cadeias fechadas e sua representação:

exemplos de cadeias fechadas

A essas cadeias podem estar ligadas outras cadeias, abertas ou fechadas. Se a outra cadeia é aberta, recebe o nome de cadeia mista.

cadeia mista

 

Quando a cadeia apresenta apenas duas extremidades livres, ou seja, há apenas carbonos primários e secundários em sua estrutura, ela é classificada como uma cadeia normal.

cadeia normal

Quando a cadeia apresenta mais de duas extremidades livres, ou seja, há  carbonos terciários e/ou quaternários em sua estrutura, ela é classificada como uma cadeia ramificada, pois apresenta ramificações.

cadeia ramificada

veja: CLASSIFICAÇÃO DAS CADEIAS CARBÔNICAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *