Ligação Covalente

Nos compostos iônicos teremos sempre átomos que perdem e átomos que ganham elétrons, transformando-se em íons. Porém, existe na natureza um tipo de ligação que envolve somente átomos que necessitam ganhar elétrons.

Esse tipo de ligação é denominado molecular ou covalente, dando origem a uma molécula. As ligações covalentes se dão entre hidrogênio e hidrogênio, entre hidrogênio e ametal ou semimetal e entre ametal e ametal ou semimetal e semimetal e semimetal.

Vamos acompanhar abaixo a formação da molécula da água:

Ligação covalente

ligação covalente

Cada átomo de hidrogênio recebeu 1 elétron do átomo de oxigênio, chegando a 2 elétrons e alcançando a estabilidade.

O átomo de oxigênio recebeu 1 elétron de cada átomo de hidrogênio, chegando a 8 elétrons e alcançando a estabilidade.

A fórmula estrutural não tem a pretensão de coincidir com a real distribuição dos átomos da molécula no espaço.

Resumindo o que foi exposto acima:

H (hidrogênio) – Para ficar estável, ganha 1 elétron, pois assume a configuração do gás hélio.

O (Oxigênio) – Para ficar estável, ganha 2 elétrons, pois fica com 08 elétrons na sua última camada.

Observe que os átomos compartilham pares de elétrons; o traço na fórmula estrutural representa o compartilhamento desse par.

Na fórmula molecular representamos apenas o número de átomos que formam a molécula. A ligação covalente ocorre somente quando os átomos envolvidos na ligação precisam receber elétrons para ficarem estáveis.

Observe a formação dos compostos moleculares abaixo:

Ligações Covalentes Dativa ou Coordenada:

Este tipo de ligação ocorre quando os átomos envolvidos já atingiram a estabilidade com os oito ou dois elétrons na camada de valência.

As setas vermelhas indicam as ligações dativas, na qual o átomo de enxofre “doa” um par de elétrons para cada átomo de oxigênio; e os traços indicam o compartilhamento de elétrons que ocorre normalmente entre o enxofre e o oxigênio.

Propriedades dos Compostos Moleculares

As propriedades das substâncias formadas por ligações covalentes (substâncias moleculares) são muito diferentes das propriedades dos átomos que a formam. As moléculas podem ter poucos átomos ou milhares de átomos (macromoléculas).

molécula de DNA

Devido a grande diversidade de moléculas e devido aos tipos de ligações que existem entre elas, as moléculas podem estar ou no estado sólido, ou líquido, ou gasoso nas condições ambiente.
Ligação Química

Conteúdo do curso

  1. Apresentação
  2. Unidade 1 – Comportamento do Átomo
  3. Por que os Átomos se Ligam?
  4. Gases Nobres e Teoria do Octeto
  5. Eletronegatividade
  6. Unidade 2 – Casamento dos Átomos – Ligação Química
  7. Ligação Química
  8. Ligação Covalente
  9. Ligação Metálica
  10. Fórmulas Eletrônicas e Estruturais