Aborto em casa e sem ajuda médica

Grávida com menos de nove semanas pode fazer

As mulheres grávidas com menos de nove semanas pode abortar em suas próprias casas , sem complicações para a sua saúde tomando pílulas abortivas , de acordo com um projeto desenvolvido pelo Ministério da Saúde, no Reino Unido.

A iniciativa envolveu 172 mulheres no sul da Inglaterra , que tomaram uma combinação de pílulas para interromper a gravidez , sob a supervisão de um centro de atenção primária , segundo a revista médica “Nursing Standard ” em sua última edição .


O diretor do projeto , Shirley Butler, disse à revista que a iniciativa foi ” um sucesso ” , uma vez que nenhuma das 172 gestantes apresentaram complicações graves , exceto uma que teve uma pequena hemorragia .

Segundo Butler , o projeto mostra que a interrupção da gravidez tomando pílulas para aborto fora do hospital é seguro e abre o caminho para que seja autorizada a prática em consultórios, clínicas de planejamento familiar e casas particulares.

As mulheres que participaram na iniciativa da pílula abortiva, “Mifepristone” em um centro médico , voltaram dois dias depois para tomar quatro comprimidos ” misoprostol”, que provoca aborto em poucas horas .

As mulheres podem ir para suas casas em uma ou duas horas sem ter que aguardar o processo completo do aborto, como é o caso atualmente.

Um porta-voz do Ministério da Saúde citado pela revista explicou que seria necessário uma mudança na maneira de realizar esses abortos até que seja demonstrado que não há risco para a saúde das mulheres.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *